»Registar 


Fundo de Maneio



Notícias

Diretor da Juventude desafia jovens açorianos a criarem "dinâmicas de participação" utilizando as redes sociais
O Diretor Regional da Juventude exortou hoje, na Horta, os jovens açorianos a criarem “dinâmicas de participação” a partir das suas escolas utilizando as redes sociais.



O desafio foi feito por Bruno Pacheco na abertura da sessão regional do Parlamento dos Jovens do ensino secundário, que decorre hoje na sala do plenário da Assembleia Legislativa dos Açores, dedicada ao tema “Redes Sociais: participação e cidadania”. Há alguns teóricos que dizem que os jovens, especialmente os dos Açores, não gostam de participar, mas a verdade, como se pode constatar, é que entretanto “os modelos de participação mudaram”, observou aquele responsável. Conforme sublinhou Bruno Pacheco, ao contrário do que sucedia há 20 ou 30 anos atrás, os modelos de participação na sociedade “não estão hoje apenas confinados às organizações, aos partidos políticos, às associações e afins”. “Hoje existem outros modelos de participação, onde as redes sociais possuem um papel determinante”, afirmou o Diretor Regional da Juventude, adiantando que a partir dessas redes os jovens podem criar grupos de discussão ou até convocar uma “manif”, como aconteceu há precisamente um no em Lisboa. Depois de referir que “isto é sinonimo que algo, de facto, está a mudar nos nossos dias”, Bruno Pacheco apelou à “melhor mobilização e melhor empenho” dos jovens para que usem essas redes para algo de útil à sociedade, sem esquecer, porém, “que o nosso mundo não é uma rede social virtual”. “O nosso mundo é uma rede social física, em que as pessoas se conhecem e interagem. Contudo, as redes sociais vêm dar aqui outros instrumentos que há alguns anos atrás não existiam”, concluiu aquele responsável. Na sessão regional de hoje do Parlamento dos Jovens participam 52 “deputados” em representação de 26 escolas do ensino secundário das ilhas de São Miguel (12), Terceira (5), São Jorge (3), Faial (2), Pico (2), Graciosa (1) e Santa Maria (1). A sessão nacional do Parlamento dos Jovens do ensino secundário, a realizar dias 28 e 29 de Maio no hemiciclo da Assembleia da República, contará com a participação de jovens de quatro escolas dos Açores, que serão eleitos hoje na Horta. O programa Parlamento dos Jovens é uma iniciativa da Assembleia da República dirigida aos jovens do Ensino Básico (2.º e 3.º ciclos) e do Ensino Secundário, que culmina com a realização de duas sessões nacionais no hemiciclo de São Bento. Esta iniciativa, que conta com o apoio do Governo dos Açores, através das Direções Regional da Juventude e da Educação e Formação, tem como objetivos incentivar o interesse dos jovens pela participação cívica e política e sublinhar a importância da sua contribuição para a resolução de questões que afetam o seu presente e o futuro individual e coletivo, fazendo ouvir as suas propostas junto dos órgãos do poder político. Dar a conhecer o significado do mandato parlamentar e o processo de decisão das Assembleias da República e Regionais e incentivar as capacidades de argumentação na defesa das ideias, com respeito pelos valores da tolerância e da formação da vontade da maioria, são outros dos objetivos do Parlamento dos Jovens.

+ Informações

Fonte: GaCS Data: 2012-03-12 23:32:48 Vis.: 875

Comentários

Sem comentários.
Para comentar precisa de estar registado e identificado.