»Registar 





Notícias

Carlos César anuncia que o Centro de Radioterapia dos Açores arrancará ainda este verão
O Presidente do Governo Regional anunciou esta manhã que o Centro de Radioterapia dos Açores vai começar a ser construído no próximo verão, ultrapassadas que estão algumas dificuldades processuais.



Carlos César acrescentou que o projeto” vai beneficiar de uma nova solução financeira – que o Governo já acordou com os respetivos promotores –, depois das contínuas dificuldades e do visto que não foi dado pelo Tribunal de Contas à solução que ali tínhamos submetido para licenciamento.”
Para o Presidente do Governo, o centro em causa é “um dos investimentos a que atribuo maior importância, sensibilidade e, por que não dizê-lo, afetividade no nosso sistema regional de saúde.”
Como fez notar, a nova infraestrutura permitirá que um grande número de pessoas não saia quer da sua ilha, quer da região, para os tratamentos oncológicos, beneficiando, por isso, de maior proximidade, de maior afetividade e de maior apoio, para além da poupança inerente ao facto dos tratamentos se fazerem na região.
Carlos César falava no decorrer da cerimónia de apresentação do projeto de ampliação do Centro de Saúde de Santa Maria, uma infraestrutura que, apesar do bom serviço que vem prestando à população da ilha, ficará, a partir do primeiro trimestre de 2013, dotada de melhores condições – designadamente na área da fisiatria e das pequenas cirurgias – após obras orçadas em cerca de meio milhão de euros.
A obra prevista, como frisou, integra-se num conjunto de melhorias introduzidas no Serviço Regional de Saúde, entre as quais avultam não só a construção do novo edifício do Hospital do Santo Espírito, na Terceira, e dos centros de saúde da Madalena e de Ponta Delgada, mas também o reforço de meios humanos no sector.
A propósito, o Presidente do Governo revelou que, nos últimos sete meses, os nove médicos estrangeiros que foram colocados nos centros de saúde de Ponta Delgada, Angra do Heroísmo e Ribeira Grande, deram mais de dez mil consultas e prestaram apoio em áreas como, por exemplo, o atendimento urgente.
No que se refere, exclusivamente, ao Centro de Saúde de Santa Maria, dados revelados também por Carlos César apontam para o que classificou de “uma prestação de serviços muito relevante.”
Como precisou, só em 2011 foram ali feitas 5000 consultas de medicina geral e familiar, 1400 consultas de saúde oral, 367 consultas de nutrição e 6200 visitas domiciliárias de enfermagem, para além das deslocações de médicos de dezoito especialidades que proporcionaram mais de 6000 consultas.
Afirmando que tudo isso surge na linha de crescimentos importantes que se têm verificado nos Açores, Carlos César referiu o significativo aumento no número de consultas, de exames complementares de diagnóstico, de médicos e de enfermeiros, e disse que o aumento que também se registou nas listas de espera se deve ao facto de mais gente ter agora possibilidades de aceder aos cuidados de saúde.
E o Presidente do Governo concluiu realçando que, face às dificuldades de financiamento do sistema de saúde, que tem sido possível graças ao equilíbrio das finanças públicas regionais, ter um serviço regional de saúde tendencionalmente gratuito “é um grande desígnio no qual todos nos devemos envolver.”

+ Informações

Fonte: GaCS Data: 2012-03-13 20:42:37 Vis.: 1664

Comentários

Sem comentários.

Envie o seu comentário